O Plano de não ter um plano.


Eu sempre fui de planejar as coisas, eu sempre gostei de ter controle sob as coisas, tanto é que na equipe, eu sempre sou aquele que tem tudo o que os outros precisam, ou sabe quem pode ajudar [kkk]... Meu caderno de anotações é/era famoso entre os meus colegas da Firma, adivinha quem era o único que sabia a data em que determinada ação começou, ou o quê foi discutido quando?! 

Ironicamente, na contra capa dele há uma anotação dizendo que "vida" é o que acontece enquanto estamos ocupados fazendo outros planos. Pior, com a minha letra, mas eu nem me lembro quando ou porque coloquei aquela anotação lá... guilty as charged!

Fato é, que meus planos estão mega bagunçados nesses últimos tempos, não sei se caso ou compro uma bicicleta, início de Agosto eu tinha alguns planos para esse segundo semestre, a essa altura do campeonato, não faço menor ideia do que vai acontecer. Para ser sincero, até tenho uma ideia do que acontece com alguns, mas isso de repente parece tão menor, que não importa.

De verdade, parece que eu estou vivendo... depois de muito tempo, parece que tenho vivido um pouco... e tem sido bom! O meu caderno está aqui, ao lado do computador, mas a dias não o abro... parece que agora estou ocupado vivendo!

Essa semana acho que começo a ter uma noção melhor dos "próximos passos", quem sabe alguns novos passos possam ser dados, enfim... respirar fundo, e como dizia minha abuela, tudo com tempo, tem tempo!

"Às vezes é preciso diminuir a barulheira, parar de fazer perguntas,
parar de imaginar respostas, aquietar um pouco a vida
para simplesmente deixar o coração nos contar o que sabe.
E ele conta. Com a calma e a clareza que tem"
(CAIO FERNANDO ABREU)

11 comentários:

Eduardo de Souza Caxa ש disse...

Se "casa" eu não sei, mas se arrumar um espaço na sua agenda pra dar uns "pegas", tem meu total apoio! :-)

Bacana que esteja vivendo, e não apenas colando frases sobre isso no moleskine ou bloguinho! Já não era sem tempo. :-) (Se bem que com o quanto que o senhor viaja e tals, nem é que estava parado no mundão, né?)

Thomas Cícero disse...

Awn decisões são grandes chaves que temos medo de virar e saber o que vai encontrar quando a porta se abrir entretanto o anos ainda nem acabou e muitas coisas ainda podem mudar não é mesmo?

Israel Freitas Silva disse...

Latinha, nem sempre conseguimos ter controle de tudo, principalmente na vida. Fazemos planos mais o destino se encarrega de bagunçar tudo e ficamos a merce do tempo. Isso nos causa desconforto e um pouco de insegurança mas também a sensação boa de surpresas. Abrem-se as possibilidades do inesperado e fica mais gostoso viver.

Abraços querido!

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

Latinha! ia comentar ... mas depois q li a frase ... "parece que agora estou ocupado vivendo!" ... desisti ... intenso por demais isto ... vale alguns momentos de reflexão ...

;-P

Bruno Garcia disse...

O inesperado parece as vezes mais interessante do que o organizado...rs...e olhe que sou desses viu?
Abração :)

Douglas S.M disse...

Sério que vc gosta de planejar, virginianozinho ? Rs

Vinícius disse...

Oi, meu bom! Saudade de papear contigo! Vou para de fingir que eu não tempo e te escrever um email em breve!

Sabe que me assusta isso de não ter planos, também? Só que eu não sou desses grandes planejadores de longo prazo. Gosto de planejar sim, mas como se fossem projetos, pequenos, que os resultados são possíveis mensurar num curto espaço de tempo.

Espero que estejamos vivendo. Deve ser isso parte do viver também, certo?

Abraços!

FOXX disse...

Eu larguei todos os meus planos, desisti deles, agora aceito o que vem...

Homem, Homossexual e Pai disse...

lindo seu post! eu tb fico em duvida entre planejar e viver! é foda ser sagitariano com ascendente em capricórnio, um viajante, outro aterrado!
e adorei a citação do caio abreu! perfeita! parabens

Marcos Campos disse...

As vezes a gente planeja tanto e a vida nos prega umas peças ...
Continue ocupado vivendo, mas cabe uns planos também na vida !
Abraço !

railer disse...

também trabalho com planejamento e sei que, às vezes, a gente tem que se forçar um pouco a deixar processos de lado em algumas situações de nossa vida.
letra bonita, hein!

Postar um comentário