O Bode

Bom... andei meio "bodado" esses últimos dias... odeio quando isso acontece, fatamente eu acabo sendo injusto e descontando nas pessoas mais próximas, daí acabo ficando ainda mais chateado e o bode vai crescendo, crescendo e crescendo.

Semana passada foi complicada... trabalhei muito, stress lá no topo e para ajudar algumas coisas a mais para lidar... confesso que cheguei a escrever... mas nem postei... tava tudo muito melancólico, triste. Por isso fiquei uns dias "fechado para balanço"!!! MAS, o sol está voltando a brilhar e coisas legais aconteceram no meio desse "torvelino" de emoções...

a) Meu blog foi "encontrado" ehehehe. Duas pessoas acharam meu blog, o mais legal é que foram pessoas que eu considero interessantes, pelo o que pude ler no blog deles. É legal achar pessoas para conversar.

b) Eu estou participando como voluntário em um projeto... e domingão, acordei cedo (de madrugada para os meus padrões normais) para ajudar na festa de encerramento dos trabalhos desse ano. Já faz alguns meses que tenho ido.. é um bairro muito carente... e esse grupo vai realizar diversas atividades, o que tem me levado a muitas reflexões... Muitas vezes não percebemos o quão sortudo somos, pela família que temos (tudo bem que vez por outra eu quero correr com eles nas costas)... ou como tem pessoas que levam uma vida bem mais sofrida do que aquela que temos/tivemos.

Brinquedos foram distribuídos... crianças brotaram "do chão", elas crianças quase mataram todo mundo, ehehehe, foi um grande exercício sob vários aspectos. Mas enfim, missão cumprida, fiquei feliz de estar participando desse grupo... até desengavetei e comecei a repensar alguns projetos que tenho, quem sabe coloco em prática em 2007.

O Bode?! Bem.. tem o Bode né...

Com o perdão da palavra... é foda!!! Nos últimos tempos tenho tido sérias brigas "a nivel de" mim mesmo... eu gosto de uma Pessoa... sim é "UM" Pessoa... só que ele não gosta de mim. Ou melhor, na verdade estou apaixonado por "um" Pessoa, que apenas GOSTA de mim. E isso tem me machucado um pouco... É duro depois que conhecemos algo "bom"... ter que aceitar o "meia-boca".

Na verdade, o fato dele consciente ou inconscientemente me "ignorar" é que me machuca. Somos amigos, trocamos algumas palavras vez por outra, mas hoje é como se tivesse uma parede de vidro entre nós, as vezes sinto-me como um perfeito idiota, penso nas mensagens que trocamos, nos momentos que tivemos juntos (vou contar depois tudo isso, prometo) e me custar acreditar que foram só "momentos"... como fui tolo... ingênuo... uma topeira!!!

Mas, tudo bem... o bode já está indo embora... and I will survive!!!

(Inté)

"Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar de novo e fazer um novo fim." (Chico Xavier)

4 comentários:

JOVEM disse...

Valeu por tua visita em meu blog tb, tenho certeza que o Poison e eu tb ficamos linsojeados.

Acho q vc pode ser permitir mais aqui no blog e colocar suas aflições, servirá apra vc e para muitos outros q passam e passaram por aqui.

Quanto a teu ato, muito louvável cara, se todos fizerem o minimo que seja pelo próximo, não estaria nesta lama toda q o pais está.

Abraços!

HAIRYBEARS disse...

OLA ...

LEGAL SEU BLOG

BEIJOS E MAIS BEIJOS

Poison disse...

Olá...

Passei uns dias "offline", mas agora estou de volta!!!
Legal esse lance de ajudar num projeto... tb ando com essa vontade: resta achar tempo (mas tempo a gente faz, não é?) e descobrir em que eu poderia ajudar ou ensinar... sei lá!!!! Mas confesso: "junção" de crianças me dá arrepios... hehehe... não sei o que fazer com elas... são tantas, tão "anões" e tão barulhentas... hehehe!!!!

E quanto ao bode... Bem.. que eles existem é verdade... mas o negócio é deixar eles lá pastando... qdo menos se espera eles vão embora...

Abraços!!!

Anônimo disse...

Aprendi muito

Postar um comentário