Fragmentos - Um Sábado a Tarde...

... Enquanto boceja, se lembra de que realmente não deveria ter aceitado aquela terceira taça de vinho, o gosto ainda amargo em sua boca, apesar de meio dia já ter passado desde que começou o dia, parece lembrá-lo que deixar o bom senso de lado tem seu preço. Apesar das taças a mais, acordou cedo, banhou-se e após fazer seu café foi ao trabalho – que rendeu como nunca.

Agora, recostado em sua cama, deveria estar lendo alguns dos vários artigos que precisa ler para embasar um projeto, mas se perde em pensamentos, se perde espreitando a vista externa que a cortina displicentemente aberta deixa transparecer. Não pode ver muito, mas encanta-se com a copa das árvores ao longe, o tom mais amarelado de uma delas, denuncia os dias frios que se passaram, mas algumas ainda resistem com seu tom verde escuro.

O barulho do vai e vem dos carros na, anuncia um movimento atípico para uma tarde de sábado, menos para ele... que na penumbra do seu quarto, aproveita o silêncio que se faz presente na casa, pensou em escolher uma música para ouvir... mas continuou perdido, encantado com fresta da cortina.

O piscar mais lento e o súbito peso das pálpebras parecem convidá-lo a um cochilo, bastaria escorregar um pouco mais em sua cama, e terminar de puxar o edredon que estrategicamente foi colocado sob suas pernas... mas mais uma vez os artigos, pensa no supermercado que deveria visitar, mas considera seriamente o convite para sonhar.

Sua maior dúvida neste momento, continuar a sonhar acordado ou render-se e permitir fechá-los...



"Apenas seguirei como encantado
Ao lado teu"

(TODO O SENTIMENTO - Maria Bethânia)

11 comentários:

Antonio de Castro disse...

às vezes um sábado pra si é tudo o que a gente precisa.

pode ser que durante a próxima semana você renda até mais. sempre penso assim quando bate essa preguicinha.

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

"Apenas seguirei como encantado
Ao lado teu"

s2

Gera Souza disse...

Fiquei com duas sensações: tomar vinho e preguiça!!

Me encanta a forma como escreves!!!

Abraços

Douglas S.M disse...

Louvado seja o vinho...

Madi Muller disse...

É,não dá pra passar da terceira taça...

Dentro da Bolha disse...

ao som de Maria Bethânia, as tardes vão ficando e ficando! ôh! e o gosto de vinho na boca...

dentrodabolh.blogspot.com

Fred disse...

Ihhhhhhhh... ferveu o sagu! Hahahaha!

Marcos Campos disse...

No sábado ? Aos sábados dá pra gente deixar o corpo escolher o momento de sonhar, seja de olhos abertos ou fechados ... o importante mesmo é sonhar !

Abraço !

Anônimo disse...

Appreciate this post. Let me try it out.

Also visit my blog post - Florida Motorcycle Accident Lawyer

railer disse...

gostei do texto... mas confesso que não sou fã da bethânia...

O Menino que Voa disse...

Revezes da vida moderna. Andamos tão corridos que esquecemos de uma parte muito importante da nossa vida: dormir. Sempre queremos deixar para um pouco depois, para aproveitar aquela série nova da TV, aquela aula da academia, aquele amigo que ligou ou, simplesmente, curtir a própria e serena solitude. Fico na dúvida: o Latinha resolveu ir logo dormir ou ficou ainda perdido na fresta da cortina?

Postar um comentário