Senhores, em suas marcas...


"Apesar das ruínas e da morte
Onde sempre acabou cada ilusão
A força dos meus sonhos é tão forte
Que de tudo renasce a exaltação
E nunca as minhas mãos estão vazias"
(Sophia de Mello Breyner)


O tempo é uma coisa engraçada, cada um de nós tem seu tempo...

Tempo de se descobrir, tempo de amar, tempo de se curar, tempo de mudar. Inevitavelmente o tempo de cada um há de chegar, na grande maioria das vezes não temos paciência para esperar que as coisas se encaminhem, mesmo porque a vida não se guia pelo "nosso tempo".

Seja o que for que por ventura esteja esperando (trabalho, um amor (ou vários, ehehe), um momento, uma vida de verdade, o que seja), no momento certo elas virão, por mais que aparentemente estejam demorando. Acredito que nunca devemos perder a confiança de que elas chegarão, e não se trata de conformismo, cada um tem o dever de favorecer o seu tempo. Alguns são mais rápidos para aprender as lições e conseguem acelerar esse relógio. Outros, antes de mais nada, precisarão aprender a acreditar em si próprios, para que então o tempo possa chegar.

O tempo causa um efeito estranho em nossas vidas, a grande paixão de ontem torna-se o completo estranho de hoje, os tempos de tristeza e angustia dão lugar a tempos de alegria (e vice-versa) e vida continua seguindo seu curso.

Que todos consigam encontram em si, a força, a coragem e a perseverança para lutar por tudo o que acreditam e querem, transformem-se em merecedores de tudo o que desejam.

Façam dessa, uma ótima semana! ;-)

(Inté)

UPDATE:

* Não sei para vocês, mas para mim, Domingão é um dia esquisitíssimo para mim... sem falar que me dá insônia!!! (o duro é que amanhã as 07h30 já tenho que na labuta.
* Eu tentei colocar os comentários em dia, mas o Blogger definitivamente tem alguma coisa contra mim...
* Meu amigo me ligou!!! Aquele que eu achei que estava estranho comigo, comento sobre isso depois.

Abração apertado... boa semana!

9 comentários:

Cara Imperfeito disse...

Esse lance de cada um ter o seu tempo é bem verdade. Os caras que já deram início à vida homo não têm paciência com os pobres-coitados-medrosos que ainda não conseguem sair do armário.
Meu início foi assim, achava caras interessantes mas que queriam encontros instantâneos. Eu negava, negava, negava, até tentar.
Enfim, cada um no seu tempo e com o tempo seja bom com todos.

Abraço!

Oz disse...

Curioso... Mesmo quando era criança não tinha pressa nenhuma em ser adolescente e quando era adolescente não tinha pressa nenhuma em tornar-me adulto. Continuo a achar que o tempo - a vida- já passa suficientemente rápido sem precisar de "empurrões" meus... hehehehe

Sobretudo, acho importante aprendermos a conviver com o nosso tempo, que não é necessariamente o mesmo das outras pessoas.
E, já agora, óptima escolha a de Sophia!
Abraço.

Oz disse...

Post Scriptum:
Li o post sobre o Galileu... Também já perdi alguns animais de estimação... Podem ser "apenas" cachorros, gatos, o que for, para os outros, mas para nós, que convivemos com eles anos a fio, eles sempre serão muito mais! A tristeza é grande na hora da partida, mas nunca me arrependi de os ter deixado entrar na minha vida. Bem pelo contrário. Todos eles, de uma forma ou de outra, fizeram de mim uma melhor pessoa.
Abraço.

kinho disse...

oi latinha

excelente blog gostei !!!
o tempo é o senhor impiedoso da vida quantas pessoas vivem e não vêm ele passar?
acho que deus nos deu o tempo como uma forma de presente!!
quem já não pediu um tempo pra curar uma dor ???? imensa que estava sentindo?? acho q o tempo é cruel mais benefico tambem.

beijocas
kinho

kinho disse...

oi latinha !!


obrigado pela visita e fica a vontade
pra voltar quando vc quiser, pois como eu costumo dizer o blog não é meus e sim das pessoas amigas que lá vão e se divertem .

beijocas kinho

BlueBob disse...

Olá homem de lata!

Pra tudo existe o tempo certo, concordo contigo. E esse sr.Tempo vive a aprontar na nossa vida. Uma das frases que mais gosto e procuro me lembrar, até como um lembrete de nossa pequenez diante da vida, é que o tempo é o senhor da razão.

Bjão

hdiscreto disse...

O tempo causa um efeito estranho em nossas vidas, a grande paixão de ontem torna-se o completo estranho de hoje.

Sim.. Isso já aconteceu em minha vida, e de vez em quando acontece. hehe..

Achei muito interessante o seu post e acredito que devemos administrar o nosso tempo com coisas que nos fazem sentir bem.

Abraços e obrigado pela visita.

luma disse...

As vezes não reconhecemos o tempo e perdemos oportunidades. Como o tempo passa e passamos com eles, devemos abrir espaço para encaixar novas descobertas em nossa vida. O importante mesmo é não deixar a vida passar em branco.
Feliz dia do blogueiro!! Beijus

Ricardo disse...

Eu acredito em merecimento e tempo de latência. Merecimento não preciso explicar. Tempo de latência seria o tempo necessário para que a Vida desenrolasse aquela situação.

Vc pode merecer uma maçã, mas se ainda não estiver na época, a macieira não vai "dar um jeitinho"!

E quanto ao domingo, acho que isso acontece com todo mundo... comigo especificamente quando termina o Fantástico!

Hauahauhau!

Beijão!

Postar um comentário