Da série: Devia ter recusado aquela dose :P

"Para ele, aqueles não eram tempos fáceis, a cada dia uma batalha era vencida e foi assim desistira de tentar se preparar para o novo dia, atualmente, preferia apenas enfrentá-lo... de peito aberto, desafiando a tudo e a todos que de alguma coisa forma surgiam em seu caminho. 

Mas ele não era um simples kamikaze, ainda que não parecesse aos olhos mais desatentos, no fundo escolhia as batalhas que lutar e quais deixaria “para depois”. Mas a verdade é que bem lá no fundo, fazia algum tempo que sentia trazer consigo mais que o peso de sua amassada armadura...

Há tempos um certo gosto amargo lhe marcava a boca, sombra de algumas batalhas “vencidas”, mas que lhe assombravam vez por outra, em seu íntimo não entendia a razão de tal fato, nem conseguia se livrar de tamanha inquietação, não entendo a razão que o levava a não se sentir “super”, já que tudo correra “bem”, perdia-se assim em longos pensamentos, teorias e mais perguntas...

Tentava se agarrar ao que conhecia, mas tal estratégia se mostrava ineficaz visto que percebia que algo definitivamente estava diferente, não sabia dizer se era ele ou seu mundo, mas era como se sua própria armadura não mais lhe servisse... E assim, sentia escapar por entre os dedos alguns pensamentos que lhe teimavam empurrar em direção ao novo...

E entre as paisagens que constantemente visitava, insistia em procurar um rosto conhecido, mas que de fato nunca conheceu... No meio tempo, começava a perceber as marcas do Sol em seu corpo, também sentia o peso do tempo e da mesma forma que percebia haver muito por fazer em sua eterna busca...

A busca que talvez nem ele sabia porque estava fazendo...


Mas que sentia que devia fazer...."

-- x --

Eu estou "levemente" enrolado com o trabalho, viagens, projetos, aulas e mais aulas, fórmulas e mais fórmulas, enfim... to lascado!

No meio disso tudo não tem muita vida nem novidades, mas vamos que vamos... aos poucos acho que tenho desatado alguns nós e creio que já dá para começar a ver a linha de chegada, preciso só garantir que eu chegue até ela... :P

E vamos que vamos, "post" só para não deixar o bloguinho [muito] abandonado...

Espero que todos estejam bem! :)

Hasta breve!


8 comentários:

No Limite do Oceano disse...

Latinha não conhecia o termo "Lascado" adorei :-)

É bom sinal conseguir desatar nós, e se já estás a ver a linha de chegada, já sabes o que tens que fazer a seguir :D

Até o D. Quixote tinha os seus problemas, as suas ilusões e quem é que não as tem!

I love being fag disse...

Pareces estar numa fase algo ocupada, o que é bom sinal e continua a desatar muitos nós, porque a sensação de alívio é óptima! :)

Um abraço!

Luiz Carlos Lucas disse...

Assim, esse post escrito em egípcio (ou seria sânscrito?) seria de quem/onde? Se não for da sua própria lavra, certamente é de alguma “alma gêmea”, né! Um toque: nunca reclame que a vida tá uma correria só! Vai que algum zombeteiro resolve dar uma estagnada em tudo. Antes correr pra tudo quanto é lado, do que ficar numa vibe estátua... rs

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

Antes correr pra tudo quanto é lado, do que ficar numa vibe estátua... rs [2]

Fabrício disse...

Com todas as inseguranças, ainda assim as estratégias do kamikaze garantiam que as batalhas continuassem sendo vencidas, mesmo que de formas não tão fáceis como eram antes, mas ainda o permitiam sua continuidade na busca. ^^. desistir jamais. bom final de semana. abraço.

Três Egos disse...

Gente, mas você está sempre muito ocupado! Rs

Abraço!

Alternnativa G disse...

Oi tudo bem?
VC tem e-mail pra contato? (Sobre parceria de blog)

N a m o r a d o disse...

Estar ocupado é bom! Não pensamos em parvoíces! Abração Latinha!

Postar um comentário