Beautiful Stranger

De certa forma, ele foi meu "salvador", eu estava tendo problemas em umas atividades e foi ele quem respondeu a minha mensagem no grupo de discussão do projeto, ao ver a resposta eu não sabia de quem se tratava, foi só na próxima reunião que tive a chance de agradecer e então ver quem ele era. Eu teria a chance de retribuir a gentileza, em uma semana que ele precisou viajar...

 No geral, nas reuniões eu prefiro adorar o estilo "Hi-Bye".... aquele que chega e fala "Hi" e depois só falava "Bye" no final! [eheheh] Apesar de até aquela reunião a gente não ter se falando ainda, neste projeto a equipe era pequena então eu estava mais "a vontade" e assim havia maior interação entre todos também, Depois daquela reunião, sempre finalizavamos "a pauta" na cafeteria, algumas xícaras de café e bom papo... 

Vamos a descrição do gajo, ele é o que eu chamaria de "Homão"! 
Apesar dele ser mais novo, eu aparento ser mais novo que ele, por sua vez ele é bem "taludinho", deve ter lá seu 1.80 [que falta faz a visão de raio-x], pele clara, enfim, sou péssimo descrevendo os outro [ehehehe]. Acho que o que me chamava a atenção nele é que de certa forma ele me lembra duas pessoas conhecidas, um mais fisicamente (em uma versão "enriquecida com vitaminas") e o outro pelo jeito e atenção... enfim, lambi com a testa!

Essa semana foi a reunião final da nossa cooperação, rolou aquele: "Vamos marcar aquela cerveja!", "Não sumam, não!", "Vamos manter contato...", mas né, a gente já sabe onde isso vai dar...

Rolou um último café nessa semana, dessa vez ele veio acompanhado de uma colega, que por sinal é do mesmo laboratório que eu, Oh! I See...  sei não... Mas enfim, de fato eu nem sei que apito a banda toca, mas confesso que gostava do papo e da convivência com ele... Sabe aquelas pessoas que a gente vê e dá vontade de ser amigo? Pois é... fiquei triste por vê-lo "partir"! (Ainda mais dando carona para a coleguinha com tendência "fura zóio"), mas vamos que vamos...

De qualquer forma, Querido Papai do Céu... se por acaso o senhor tiver assim sem saber exatamente quem mandar para mim, pode ser um mocinho daquele naipe que eu não vou reclamar. 


(Tears Run Rings - BEAUTIFUL STRANGER)

Okay, de volta a nossa programação normal... brincadeiras a parte, ele era um bom companheiro de trabalho, gostei de trabalhar com ele e com outras pessoas também, mas acho que a vida é isso... encontros, desencontros, reencontros...

No mais, tempo de viajar! Amanhã é dia de viagem, próximos dias fora de casa naquelas viagens malucas em que se trabalha, faz reuniões e aproveita para rever pessoas conhecidas. E se quiser saber para onde eu vou, para onde tenha Sol, é para lá que eu vou ... ;-)

E por falar em viagem, elas andam me rodando... enquanto no trabalho eu recebi uma indicação de que querem me enviar "não sei para onde" por um tempo [preciso meditar sobre isso], do outro lado, uma amiga me convidou para ir a Portugal em Setembro, mas não vou poder viajar na época... [que morte horrível] :(   

Nessas horas eu tenho a sensação de que definitivamente eu nunca vou "formar raízes" em nenhum lugar... enfim... deixa o tempo ser tempo!

Inté.

8 comentários:

No Limite do Oceano disse...

Latinha, eu ao contrário de si, sinto que as minhas raízes me prendem, quer fisicamente, quer mentalmente. Preciso dum lumbersexual para as cortas. Ops, não era para escrever nada disto.

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

Amei esta sua prece: "Querido Papai do Céu... se por acaso o senhor tiver assim sem saber exatamente quem mandar para mim, pode ser um mocinho daquele naipe que eu não vou reclamar."

kkkk

Que o Senhor te ouça!

Latinha disse...

Amém Irmão!!!

Sara com Cafe disse...

Querido Latinha,
que te aconteça o que for melhor. E se rolar reencontro, aproveita hahah
Sol... hum... nordeste... hummm. Recife??
AHHAHA
Se for, avisa para tomar uma cerveja entre reuniões.

Beijos.

Mark disse...

Olá, amigo Latinha.

Hahah, adorei a expressão, que ainda não havia escutado, de "hi-bye". Realmente, é bom adoptar essa postura, às vezes. Sendo "hi-bye", evitamos dizer disparates.

Eu acho que você sentiu uma atracção por esse boy. :) Normal. É naturalíssimo ficar encantado com alguém agradável, com bom papo (como vocês falam), simpático...

Lamento que não possa vir a Portugal.

um abração.

Cristiano disse...

Viagem a trabalho é legal no inicio, mas fica um saco qdo viram recorrentes neh?

E sobre vc e seu amor platonico... espero que de tudo certo. :)

Três Egos disse...

Fiquei pensando o que seria "gajo"... Rs... Brincadeira! E, poxa, amiga fura zóio não dá, arranca a peruca dela no laboratório! Rs

Rodrigo B. disse...

kkk gostei do 'hi-bye', já usava sem saber a nomenclatura kkk boa sorte com o gajo! ^^

Postar um comentário