Eu só queria dizer que Te Amo!

Eu sei que é coisa de novela e por mais que não acreditem, eu não vejo novelas! Geralmente estou trabalhando nessa hora, mas teve uma coisa que me chamou a atenção nessa novela Beleza Pura que agora está na reta final. Foi a relação que se estabeleceu entre o "Dr. Renato" e o "Matheus"... de acordo com as minhas pesquisas... Matheus era o marido de Helena e no início da novela tinha sido contratado pela clínica do referido Doutor como farmacêutico me parece.

Como ele é supostamente dado como morto após um acidente, Helena assume seu lugar no trabalho como forma de manter a casa e o filho pequeno, que é doente. Nessa brincadeira, agora o Matheus/Helena inicia um tumultuado relacionamento com o Dr. Renato, que suspira pela bela jovem da novela. Como era de se esperar, um conflito se estabelece com o médico-machão e é ai que a coisa fica interessante.

Apesar de ser novela, blá blá blá, eu achei legal como a idéia do conflito foi "administrada". O autor soube mostrar como a relação deles nasceu e cresceu, o conflito que se estabeleceu e como o Doutor lidou com isso na terapia. Vi algumas vezes que o terapeuta disse que ele havia se interessado pelo Matheus/Helena e o desespero dele ao perceber que ele estava certo... até que hoje, pelo o que vi e entendi, ele se declara ao Matheus/Helena... dizendo que o ama e que enfrentaria tudo por ele, se ele dissesse que sim.

Bom, chega do papo de novela...

Questão! Aliás, questões!!!
Ter coragem de chegar e dizer que ama uma outra pessoa... principalmente se essa pessoa não fosse gay, de certa forma, acho que todo mundo pelo menos alguma vez na vida vai passar pela estranha situação de perceber que uma amizade está chegando perto de uma linha muito tênue e periogosa. E agora, José?!

Não foi bem isso que me aconteceu, mas me lembro que a primeira vez que me envolvi com outro cara, no meio de toda a confusão que havia se instalado na minha cabeça... eu decidi que tiraria a história limpo, afinal não havia razão para continuar com aquela loucura.

E assim, na primeira oportunidade que tive, durante uma conversa eu disse que queria conversar com ele, porque eu queria esclarecer umas coisas, que gostaria que ele não se ofendesse mas que tinha tido a impressão que nossa amizade havia tomado um rumo "novo" e que eu tinha ficado confuso.

Óbvio que eu estava esperando o maior passa fora da história... mas, o "supra citado", me vira e fala que sim, havia percebido também e que por ele estava tudo bem, porque ele estava curtindo bastante. Pensa na freada de um carro que vem a 130 km/h, foi assim mesmo que eu me senti... e fiquei mudo por uns 2 dias!

Fato é... eu já tive/tenho um amigo que as vezes não entendo muito bem para onde estamos indo, as vezes receio que o que nos separa é só o medo e a precaução exagerada da minha parte. E não... eu nunca disse que só queria dizer que Te Amo!... não de verdade... (e nem de mentira!).

Mas isso fica para outro madrugada, tá! ;-)

Abração!


Update: Enfim, se alguém quiser curtir um momento "novela", aqui vai o link onde tem a cena da declaração do médico para "o amigo". Óbvio que ele vai espanar quando descobrir que Matheus era na verdade Helena, mas se eu bem me lembro... no final fica tudo certo ;-)


16 comentários:

Edu disse...

Carinha, nunca tive essa coragem. Ou será que tive? Bom, minha primeira vez foi com o tiozão que eu não sabia se gostava ou não, mas ainda assim ele dava uns sinais. Anyway, você é meu herói!

Râzi disse...

AHuahauhuhauaah1

Já aconteceu comigo, com um amigo hétero... e eu fui lá, e falei! Mas não deu!

Ah, vou contar essa história no blog qualquer dia!

Râzi disse...

Beijão!!1

Paulo disse...

Já aconteceu comigo também essa paixão por um amigo hetero... bem, eu acho que era hetero, sempre pairaram algumas dúvidas sobre ele.

Até tentei pegar mais pesado um dia, mas não deu certo. Nunca cheguei a dizer todas as palavras, q eu era louco por ele... me arrependo disso até hoje!!


abração!

Tarco Rosa disse...

O que mais achei legal é o Humberto Martins com toda aquela empáfia de macho fazendo esse personagem...
Um grande abraço

Serginho Tavares disse...

certa ve eu disse para meu melhor amigo que achava que o amava de outra forma porque nossa amizade estava tomando um rumo diferente... mas eu descobri que de fato o amava mas não o amava como pensava e sim amava o grande amigo/irmão que ele se transformou!

eu vejo beleza pura muito pouco mas concordo que a forma como eles abordaram o assunto foi excelente! e há tempos que uma novela das sete não surpreende tanto.

beijos

minininho_badboy disse...

Amigo, cai de paraquedas no seu blog e o adorei! Coloquei até nos meus favoritos!

Um super abraço e se cuida!

Goiano disse...

vc tem um amigo pegueteeeeeee?

Oz disse...

Eu já fui o amigo/colega "hetero" da vez e confesso que não facilitei em nada a vida ao pobre coitado - e olha que ele investiu com tudo! Pergunto-me até hoje como teria sido se tivesse tido a coragem de encarar. Mas na altura não dava.
Grande abraço.

sp disse...

Gostei dessa! E que dizer mais? Vou ler outra vez.

Um abraço grande e peludo.

MΛUЯΙ disse...

Eita vc...
Todo dia é uma surpresa !
Rsrsrs

Abração amigo !

Ronaldo disse...

Oie!!!

Isso aconteceu comigo!!! E a "pessoa" nem deu atenção ao que eu falei, ai eu pensei "Blz, tudo vai ser como ante!" Ai de repente me vejo atracado com ele novamente (rs). Finalizando... não teve jeito, ficamos juntos.

Abraços!

camila disse...

cheguei aki do nada, ameei o post, de boa mesmo, parabeens (Y)

http://www.orkut.com.br/Profile.aspx?uid=11086272079433841481

BinhoSampa disse...

cara..não perde a oportunidade....e se joga....hauahuahuahau

Eu não tenho coragem....sou tímido...
mas vc agiu certo...pelo menos conseguiu tirar de vc o que estava preso.....

Abs:-)

Beta disse...

a questao toda eh que o matheus eh DELICIOSO... e eu queria ele aqui em casa... ate vestido de mulher ele fic a bonito hahahahahaha

beijisssss

il Bastardo disse...

eu disse e me fodi!!

Postar um comentário