Memories

#tempoPresente

Era suposto eu não ter lembrado, para ser sincero, eu até que estava indo bem! Mas a vida... ah! a vida... sempre dá um jeito de apresentar aquela fatura que a gente deixa meio que debaixo no tapete, e foi assim, que uma amiga que está morando nas Gringas, postou a imagem abaixo....


Noted! Pior que eu tenho uma strong memory, a very strong memory eu diria, mas... enfim... "segue o baile"! 

Enquanto isso, uma semana importante pela frente, que terminará com uma viagem... enquanto isso, quem sabe a gente não arruma algumas novas memórias... ;)

Inté...



(Dido - Quiet times)





4 comentários:

Luma Rosa disse...

Oi, Latinha!!
Novas memórias, disso que precisamos! Para reciclar os dias, vamos olhar o belo, principalmente a beleza da natureza. Vamos aprender com ela, com seu ciclo de renovação!
Beijus no coração!!

João Pedro Oliveira disse...

E como preciso de novas memórias...

Reativei o blog, mas com outra roupagem... vida nova, em busca de novas memórias!

www.homemdepapel.com (antigo vidadehomo.com)

Abraços! ;)

N a m o r a d o disse...

Latinha, deixa ficar só as memórias boas, as más guarda bem guardadas porque não fazem falta nenhuma na nossa vida. Nós somos o somatório das boas e das más, é verdade, mas temos que valorizar aquilo que nos faz sorrir porque só assim conseguimos avançar vida fora.

Jose Soares disse...

Eu diria ao contrário, mas eu sou meio contrário....
A weak memory is a heart disease!

Postar um comentário