Never Been Kissed

Eu recém tinha completado 18 anos quando entrei na faculdade, se hoje eu ainda sou meio "bicho da goiaba", pensa naquela época, mas enfim, lá estou trabalhando, quietinho, quando "intercepto" uma conversa torta entre os estagiários, não sei se eles não perceberam minha nobre presença ou não estavam ligando a mínima mesmo (o que não é muito difícil kkk), de qualquer forma, comentavam animadamente sobre suas aventuras amorosas na faculdade.

Caraca, eu acho que até já tinha me esquecido "do fato", mas devo confessar que eu passei o tempo inteiro da graduação sem beijar ninguém... Pois é, fui desses!!! O que me leva a concluir que eu era praticamente uma Samambaia, praticamente um dos caras do The Big Bang Theory e olha que eu acho que as mocinhas do Curso de Psicologia tinha um certo apreço pela minha pessoa, mas podia ser interesse também, já que eu sempre ia ser cobaia na clínica-escola de psicologia! :P

Não que isso em algum momento foi um "problema", mas sei lá né?! Aqueles anos na faculdade foram divertidos, teve o truco, que eu nunca aprendi a jogar direito diga-se de passagem e havia as festinhas que rolavam no ônibus fretado que nos levava para casa no final das aulas. Aliás, as festinhas foram o ponto alto da minha vida social acadêmica, além de render "ótimas" fotos, meus pileques mais homéricos foram nas festas do busão. Vale registrar que apesar de toda a minha timidez, eu alcancei certa influência na ordem social "do busão", chegando ao posto de "sub-monitor" e, claro, era o responsável pela parte do buffet das festinhas (Vai Gordinho!).

Mas, contrariando as expectativas, eu fui acompanhado ao Baile de Formatura!!!  Parem as prensas!!! LOL

Na verdade, era esperado que eu não estivesse mais na cidade na data do Baile, por isso não participei dos festejos oficiais da minha turma, colando grau na Diretoria da Faculdade. Mas a mudança atrasou, assim meus amigos me intimaram a ir pelo menos como convidado na festa. O baile foi em um famoso clube da cidade de Jundiaí (SP), uma noite muito bonita, com todos muito bem arrumados, excelente música, como eu já era um hominho naquela época, meu pai emprestou o carro e eu fui dirigindo. Só não sei como alguém me deixou sair de casa usando aquele terno, que eu nem vou comentar a respeito, ainda bem que só tem duas fotos do dito cujo.

Não consigo lembrar como aconteceu exatamente, mas lembro que fui acompanhado... HO HO HO. Ela era minha amiga e cursava Psicologia (não falei!), aquela noite ela estava com um vestido longo, sendo que a parte de cima do seu vestido era preta, com um generoso decote em V que contrastava com a pele branquinha que ela tinha e também dava uma generosa valorizada no... cof cof cof... volume. O seu longo cabelo castanho escuro estava displicentemente "meio" preso, o que deixava aquele leve ondulado ainda mais charmoso... Resumindo, ela era bonita! 

Não sei se era esperado que eu a beijasse em algum momento... ou não! De qualquer forma, espero não ter causado nenhum trauma na garota, mas me lembro que foi uma noite muito legal, dançamos, rimos muito, foi uma noite e tanto! Engraçado, ainda posso me lembrar do pai de uma amiga, "animado" no fim da festa, nos ensinando o caminho para que acertássemos a entrada na Rodovia Anhanguera e frisando para que não fizessemos "nenhuma parada" na volta!

Como um bom cavalheiro, deixei-a em casa sã e salva, antes do sol nascer... E como mandava o figurino, liguei no outro dia para agradecer a companhia! Pior que ainda ia demorar um tempinho para quebrar o jejum da faculdade, mas essa é uma outra história... com outro cenário e personagens, que ficam para um outro dia [ehehe].

Okay! De volta a terra.... vamos trabalhar né!




Inté!

13 comentários:

Adriano S. disse...

Um formando BV é um ser tão raro, que deveria ser merecedor de alguma medalha, ou honraria! (rs) Ficou devendo uma foto; pelo menos do terninho charmoso. Do casal, sei que seria pedir demais...

Muito bom esse cantor! E a música; dei uma voada por aqui.

Abraços

Eduardo de Souza Caxa disse...

"Estivemos" juntos! Porém "desvirginei" no último ano da Facul... Mas foi com outro hominho, credo, tesconjuro!

Então falta cê contar com todos os detalhes e fotos "seu primeiro vez"!

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

eu tb passei ileso por todo o períiodo da Faculdade ... 18 aos 22 anos ... foi neste período de 4 anos q vivenciei meu primeiro amor [platônico e tb correspondido platônicamente] com um colega de turma e meu xará tb ... #kicoisa né?
Como se perde tempo na vida! aff

Bejão

Bora agendar um café!

Luiz Carlos Lucas disse...

Oh, louco! Isso tá parecendo o mosteiro das carmelitas descalças! Povo já na facul e... nada?! Comigo só não foi no primário nem sei como! kkkkkk

Luma Rosa disse...

Oi, Latinha!
Que nostalgia gostosa! Teve um tempo em que as segundas intenções ficavam em segundo plano...
Beijus,

No Limite do Oceano disse...

É bom recordar, eu não tive direito a um baile nem a um par, mas imagino que seja uma época da qual se guarde boas recordações.

Fabrício disse...

Lendo o comment acima, também não tive um par no baile ou fui ao baile de formatura, inventei uma desculpa qqer para não participar.

Mas é bem divertido e gostoso falar dessas situações do passado. Engraçado que a faculdade faz o corpo criar uma resistência incrível ao alcool, água faz até mal rsss.
abraços

Marcos Campos disse...

Como assim meu filho ? Nenhum beijito ??
Bom, o que passou passou, agora corre atrás pra pôe esse numero de beijos em dia ! :P
Mas que a descrição da sua acompanhante no baile foi linda, ah isso foi, parece até um trechinho de Poe ... (olha a moral!!)

Abração !

Goodblog Badblog disse...

Passei sem beijar (a todos os niveis) até aos 23.
Depois acho que recuperei.
No baile de formatura nas fomos hipócritas, nada de casalinhos. Fomos uma grupo de amigos e amigas e divertimo-nos todos em conjunto.

Cara Comum disse...

Pois meu período na faculdade rendeu muito mais que beijos... Melhor nem comentar... hahahahahahahaha

Abração!

Homem, Homossexual e Pai disse...

Um Gentleman! deixou a moça em casa ligou no dia seguinte! ela gamou com certeza!

Três Egos disse...

Momentos nostálgicos são sempre bom. Também nunca fui de sair com pessoas da faculdade... :p

Mark disse...

Não lembro do meu primeiro beijo. Mas sei que foi tarde.

Nunca saí sequer para uma festa da faculdade.

abraço. : )

Postar um comentário