O Bonzinho

Eu sempre brinco que morro de medo da boca dos meus pais... eles tem "super poderes"!!!   

Por que você não leva guarda-chuva!? E cabrum...
Não vai levar blusa? E lá começa mais uma era glacial... #medo!!!

De qualquer forma, tem uma frase aqui em casa que me assombra até os dia de hoje... Desde quando eu era "menino pequeno lá em barbacena", eu sempre fui metido a seguir as regrinhas... enfim, eu sou um nerd chatinho desde fiote. Em compensação meu pai, foi uma daquelas crianças encapetadas que colecionou advertências em suas cadernetas escolares e cuja as histórias são lendárias - tais como as cicatrizes em suas pernas, ou seja, perto dele eu sou um "almofadinha". Smurf Gênio Rules!

Na adolescência as coisas ficaram mais turbulentas e entre uma ou outra palavra mais forte, eu ouvi várias vezes que eu queria ser "bonzinho" e que os bonzinhos só se f(@#&@*¨#!!! Que eu dia que aproveitar mais e ser moleque. 

Eu sempre quis tirar a cueca pela cabeça cada vez que ouvia isso... reza a lenda, que toda calúnia doí mais porque há nela um fundo de verdade. Eu já tentei ser mais cool ... mas minha versão "descolada" é tão interessante quanto ver um inglês sambando no carnaval.

Enfim... como estou fora da minha humilde residência, ontem tive a chance de ver outros canais "brasileiros" kkk, e eis que me deparo com a final d´A Fazenda... dentre os finalistas, um ator com fama de "bonzinho"...  Confesso que achei que ele fosse ganhar, além de não faltar predicados ao moço, ele sobreviveu ao "reality", sendo que enquanto o povo quase se matou pelo caminho, ele acabou sendo considerado "o bonzinho". Adivinha o que aconteceu o mocinho? Pois é, morreu na praia! (+1 x 0 para o Papito)

Acho que no fundo tenho um complexo de Dawson´s Creek... outro bonzinho clássico que acabou se f@(*#@98 no final da sua própria série! kkk

Enquanto isso, na sala de justiça...

Estou fora da minha humilde residência por uns dias... os 300Km até a casa do Papy e da Mamy, servem para colocar um pouco dos pensamentos em ordem e apesar da correria, já fiquei feliz de ter vindo... ontem a tarde tive a chance de sentar com uma grande amiga pra um daqueles papos em que a gente pode simplesmente falar abertamente de tudo.

Fora isso... ando pensando em um monte de coisas que quero fazer... preciso começar a focar, afinal... como diz minha mãe: Quem muito quer, nada tem! ; kkk

Inté...


Para atravessar Agosto é preciso, antes de tudo, paciência e fé.
Paciência para cruzar os dias sem se deixar esmagar por eles,
mesmo que nada aconteça de mau;
Fé para estar seguro, o tempo todo, que chegará setembro
e também certa não-fé, para não ligar a mínima
às negras lendas 
deste mês de cachorro louco.
(CAIO FERNANDO ABREU)

E lá se foi Agosto...

6 comentários:

Carlos Roberto disse...

E que venha setembro.

- Nunca fui NERD e estou a quilômetros de distância de ser um. Entretanto em escolas e faculdade sempre segui as regras, nunca tomei advertência, também nunca fiz nada de errado... Acredita que nunca matei aula? Pois é. Se eu tivesse que faltar, mamãe sabia.

Mas também, no terceiro ano do ensino médio, despiroquei legal. Não fiz nada demais, porém fiquei super cool, engraçado isso. Meio doido! Mas acho que sei como o Sr. se sente :P

Margot disse...

Fama de bonzinho(a) é triste!!! A gente não pode dar uma fora que todo mundo acha um absurdo. Sempre fui comportada..afffee!!! Agora que estou disposta a "botar pra quebrar", não tenho mais "folego"...kkkkkk
Beijos L.

Lucas disse...

Eu nunca fui muito bonzinho. Logo, a capacidade de se f... não é prerrogativa dos bonzinhos. O que eu já me f...nessa vida! (rsrsrs).

Beijos.

FOXX disse...

segundo o blog do Gato, os bonzinhos em realities não valem a pena. hehehe

Freddie Butterman disse...

HAHAHA Mais um bonzinho aqui!

É, também sou e não gosto muito não... Pior mesmo é dar uma de descolado, então jeito é conviver com isso!
E QUE BOM QUE AGOSTO ESTÁ INDO EMBORA! Não sei se é superstição minha, mas Agosto é sempre ruim pra mim!

Abração Latinha! ;D

Cesinha disse...

Pois eu me considero bonzinho... até o momento em que pisem no meu pé! Aí eu viro um mauzinho daqueles! (kkkkk). Mas não sou de guardar rancor. Pelo menos isso...

Beijos.

Postar um comentário