A semana em que aconteceu "de um tudo"!!!

E o pior que foi mesmo... As vezes tenho a sensação que a vida está meio fora de controle, ou então, que depois de tanto tempo em um aparente marasmo, nos esquecemos de como as coisas são dinâmicas e como podemos ser surpreendidos... talvez a palavra de ordem esses tempos seja adaptabilidade! Ou em bom português, Se vira nos 30!

Minha vida parece estar em um ritmo diferente, não sei o que é, nem o que foi... mas há algo de diferente no reino "das Dinamarca do Edu". Muito provavelmente não saberia explicar o que é, tudo parece tão a mesma coisa... tenho saído no mesmo horário para o trabalho, tenho trabalhado "igual gente grande" [como sempre] e aparentemente continuo com a minha vidinha "de detalhes"... mas ao mesmo tempo, há algo no ar!

O jeito é esperar para ver...

Esse final de semana passou The Age of Innocence (1993) na tv a cabo, adoro esses filmes de tesão recolhido como eu costumo categorizá-los. Aquele tipo de filme, onde há um mocinho, há a mocinha (ou outro mocinho - não sejamos conservadores), mas por alguma razão eles não ficam juntos... família, convenções sociais, problemas pessoais... sempre existe aquele conflito "conflituoso" que obriga a escolhas, dilemas e quando muito... rola um beijo, ardente, arfante, meio roubado, meio assutado, muito desejado... Todo mundo sabe que são loucos, que combinam, mas mesmo assim ficam separados... cada um vivendo com suas lembranças.

O que as vezes me faz pensar que grandes paixões não foram para ser vividas, apenas sentidas! Afinal, serão elas que irão nos aquecer e nos dar força para continuar fazendo o que devemos fazer, antes que alguém me chute, não estou aqui fazendo o "Oh! Mundo Cruel!!!", apenas um pensamento que me ocorreu no meio de uma madrugada insone.

Mas enfim, o filme é belissimo! Daniel Day Lewis e Michele Pfeiffer dão um show no filme, eu já tinha lido o livro da Edith Wharton quando vi o filme, leitura dificil, ela descreve com uma riqueza de detalhes quase massacrante os salões, as recepções e os costumes de uma New York do final do século 19.

You gave me my first glimpse of a real life,
and then you ask me to carry on with the false one.
No one can endure that



E ontem (27/09) foi dia de Cosme e Damião... durante muitos anos minha mãe fez festa em comemoração ao dia deles, tudo começou por conta de uma promessa feita quando eu era criança, durante 7 anos ela faria festa neste dia e assim foram 7, 14, 21... e mesmo que não seja mais como antigamente, ainda estamos ai com as festinhas... kkk Foi bom, deu para mantar a saudade da época que eu fazia trabalho voluntário... quem sabe eu não volto...

E por falar em livro... estou quase terminando o Twilight (ou Crepusculo para os íntimos)... livro legal, eu decidi ler o livro antes de ver o filme - tipo da decisão burra, kkkk - agora, quero ver se termino e compro o próximo a tempo de assistir New Moon no cinema... eu estou lendo em inglês para dar uma desenferrujada e adorei a história, bem sessão da tarde, mas é legal! Sem mencionar que dá para fazer uns paralelos interessantes com a história... afinal, que não conhece a história de alguém que se apaixona por outra pessoa "diferente" e tem vontade de viver um romance, não se importando com o que o outro seja ou o que vão pensar.

E vamos que vamos...

"Todo jardim começa com um sonho de amor.
Antes que qualquer árvore seja plantada ou qualquer lago construído
é preciso que as árvores e os lagos tenham nascido dentro da alma.
Quem não tem jardins por dentro, não planta jardins por fora,
e nem passeia por eles"
(RUBEM ALVES)

Que possamos plantar muitas árvores nessa semana! ;-)
Abração a todos! ;-)

7 comentários:

Edu e Mau disse...

Tem um desses de tesão reprimido com o tesão do Anthony Hopkins e a outra lá, ex-mulher do tesão Kenneth Branagh... Vestígios do Dia. Atórom!
E que Cosme e Damião te ajudem nessa vida dinamarquesa, meu amigo!

M. disse...

"minha vidinha de detalhes"?

Essa frase não me é estranha... eu a ouvi no filme As Pontes de Madison (huauha) que eu assisti numa tarde dessas que estive de férias.

Bjos amigão!

Mr. T disse...

Com Twilight dá pra fazer váááários paralelos... E New moon é muitissimo melhor...

Grande abraço pra vc...

"Grandes paixões não foram feitas para serem vividas, apenas sentidas"

Mabe disse...

Esses filmes de tesão reprimidos não são muito diferente do que tu vive no mundo real.....precisa mudar isso...

Pronto, falei!
ahahahahahahahahhahahaha

@philipsouza disse...

tud no filme se da ao nosso mundo real....aiiii

abraços

@philipsouza disse...

Com certeza em New Moon vc vera o como os fatos destrinxam e como o James Lauren e Victoria vao atrapalhar a vida de Bella...melhor ser aprotegida..e a separação do casal......vc vera o como sao ligados....

vc vai gostar meu amigo pq crepusculo deixa um ar de quero mais...to aki tentando acaba eclipse...se a facul deixar ne...

abraços

Luma Rosa disse...

"... grandes paixões não foram para ser vividas, apenas sentidas" - pode ser! Mas se nao colocarmos poesia também na vida real, vira tédio! A gente se ilude, porque é muito bom estar apaixonado. Com amor é mais gostoso! (rs*) Beijus

Postar um comentário