Four days


Ontem estava curtindo minha insônia madrugada a dentro quando zapeando pela TV encontrei com "As Pontes de Madison" (The Bridges of Madison County), eu simplesmente sou apaixonado por esse filme. Não há efeitos especiais, não há mestres jedis, mas "a força" é forte nele.... e ele me toca profundamente. Talvez porque me reconheça naquela situação, naquela "vida de detalhes" e, o que mais me emocione é a percepção de que eu também não teria a coragem de largar tudo para trás.

Confesso que ontem, em meio a algumas lágrimas cuja a noite será a única testemunha, eu anotei essa frase em um papel antes de dormir, talvez hoje ela seja oportuna para alguém e por isso vou deixá-la registrada aqui. Apesar do destinatário incerto, tenho certeza que cada um saberá senti-la a seu modo e compreenderá a mensagem.

".... façam o que for preciso para serem felizes nessa vida, ela é muito breve..."
(the bridges of madison county)[clipe]

Final de semana chegando...
Hoje a noite irei buscar minha irmã no aeroporto, está voltando de uma temporada paulistana e fará uma "escala" em casa, para recarregar as baterias antes seguir para Brasilia. No mais, uma viagem cancelada, uma jantarada programada com amigos e um inesperado convite prometem ser "a bola da vez".

E assim, eu vou seguindo o conselho de Cora Coralina:

"...Recria tua vida,
sempre, sempre.
Remove pedras e
planta roseiras e
faz doces.

Recomeça

Faz de tua
vida mesquinha
um poema..."
(Cora Coralina)

A tout à l´heure

9 comentários:

luma disse...

Escolher entre amores é complicado!! Bom fim de semana! Beijus

il Bastardo disse...

Bom final de semana, espero que o esteja mais animado...

Luiz Pep disse...

Ola! pelo visto vc andou sumido também, mas nem tanto como eu.
Um beijo :)

alemdosbeijos disse...

Cara, estou de volta, 8 meses sem postar, e uma esperiencia nova para contar...
Passa no blog, contei uma parte desses 8 meses...
Conto com seu comentário e com a sua ajuda... estou precisando Bastante! Desde já agradeço!

Alem dos beijos, quero estar com você!

Oz disse...

É, meu caro, a vida não pára...
Oportuna, muito oportuna, a frase que anotaste do filme.
Grande abraço.

BlueBob disse...

Olá amigo Latinha!

Frase perfeita para minha fase atual da vida. Chega de disperdiçar o tempo.

Beijos

PH disse...

porque não foi no meu quarto chorar no meu ombro irmãozão?

Di(vorciado) disse...

Bom firme...um clássico.
Saudade

Di(vorciado) disse...

* filme

Postar um comentário