Olhar e Ver

Não tenho andado lá muito inspirado para escrever, acho que ando de ressaca pós-bode, mesmo assim, tentei dar uma passada pelo blog de todos para me atualizar. Poxa, vocês andam mandando bem nos escritos, eu não vou citar ninguém para não ser injusto, mas acabei lendo muita coisa legal e que me levou a grandes "coisas pensantes em minha cabeça" ;-)

Infelizmente, comigo anda prevalecendo a máxima que diz: "Faça o que eu falo, não o que eu faço!", por essa razão, também não consegui dar uma trepada homérica. Assim, além de continuar com uma paixão platônica não correspondida, eu ainda continuo no "0 x 0", que dureza!!! (mas admito que a frase é ótima, ahuahuaaua)

O momento cômico da semana ficou por conta do "Bode". Eu costumo dizer que vez por outra estou "bodado", ou então que "bodei", já fiz posts gigantescos sobre o Bode. Até que outro dia no MSN, qual não foi a surpresa do Dual e do Dawson quando eu falei que estava de "bode", eeheh. Eu não sabia que para as regiões mais ao Norte, o referido animal é mais conhecido como sinônimo de menstruação, hauhaahua. Valeu pelo esclarecimento, consultando o tio Houaiss descobri que Bode é um ser famoso, tendo aproximadamente 20 acepções para o referido verbete, que coisa hein!

Resumo do Findi - Sabadão
Tinha uma palestra na empresa. Confesso que fui porque ia pegar mal não ir, mas não queria ir não. Levei na cara, a palestra foi simplesmente fantástica, tanto que passou do horário e ninguém reclamou, eu mesmo ainda sai de lá com o livro autografado do hominho e um DVD, ahuahuaha. A tarde (para quebrar a rotina) fui trabalhar até as 15h, depois fiquei arrastando corrente pela cidade. Eu estou naquela fase de invisibilidade... sabe aqueles dias que parece que se você desaparecesse ninguém ia sentir sua falta? Ando assim, não achei um ser vivente para ir tomar um café ou então para sentar e conversar um pouco, terrivel!!! Estou reconsiderando a aquisição de uma "Sharon Stone 1.8" (segunda mulher de plástico da tirinha do Geraldão), assim pelo menos tenho companhia, ehehehe. Resumindo, se para o café foi dificil achar companhia, nem se fala a noite, né.

Domingão
Foi dia de acordar cedo, tinha Trabalho Voluntário, eu ia dar os canos mas consciência é foda e a culpa não permitiu, assim, pulei da cama cedão, banhão e vamos trabalhar. É fogo... gosto de ir lá porque me deixa com os pés no chão. Esses tempos eu me debatia para ver que câmera digital ia ou não comprar, se com zoom x ou y, marca a ou b... Pois bem, outro dia a gente descobriu que grande parte das mães que participam do projeto não tinham sequer uma foto de suas crianças quando era bebês, dá para imaginar uma coisa dessas? Caraca... compramos uns rolos de filmes e saímos fotografando as crianças do projeto, como uma máquina analógica mesmo, no dia de devolver as fotos, era visível no rosto daquelas pessoas um espécie de emoção, o valor que aquele pedaço de papel possuia. Cheguei em casa e fui buscar meu pôster que estava guardado, agora está pendurado no meu quarto, nele, eu estou sentado no meu super velocípede vermelho eu acho (putz, puxei essa do fundo!), sorrindo, todo contentinho.

O resto do dia tentei me recuperar da canseira, o trabalho em geral vai a manhã toda (07h30 - 11h30) e aproveitei a tarde para colocar o sono em dia, tirei uma sonequinha das boas!!!.

Olhar e Ver, foi o tema da palestra que eu assisti, e a moral da história que ficou para mim é a seguinte: Quantas vezes olhamos e não vemos?! Olhamos e não vemos o perigo, não vemos o óbvio, não vemos as oportunidades, não vemos o amor... quantas vezes olhamos o todo e não vemos os detalhes.

"Deus dá a todos uma estrela
Uns fazem da estrela um Sol
Outros nem conseguem vê-la"
(Helena Kolody, poetisa paranaense)

Que todos vocês, possam Ver e fazer de suas estrelas o Sol que aquece, ilumina e guia os seus caminhos. Montes de coisas boas para todos!

(Inté)

9 comentários:

edu disse...

Olha lá... eu e Bichinho de boa, prontos pra um café, e você não viu nossa estrela... Tsc tsc tsc :-)

Puxa, que idéia fantástica essa das fotos! Me emocionei por aqui.

Mas ainda tô pensando no tablet pc...

Beijo!!

Oz disse...

Amigo Latinha, nem vamos falar de café, não é? Lol
Bom, mas adiante, que a vida tem muita coisa boa para ser feita (como o teu voluntariado!) e, certamente, muita gente boa também desejosa de tomar um café com dois habitantes de OZ! Não andam é na estrada de tijolos... Será?
Abração e boa semana!
P.S. (amigo, estás desafiado para entrares no jogo que pus no meu blogue e a que me esqueci de dar continuidade).

edu disse...

Opa... sinto que está rolando um clima entre esses dois personagens de filme antigo... Totó, pega! Separa! Morde!!!

Menino G disse...


Oi,lindo post. Acho que estou olhando pra muita coisa e nada vendo. Eu te daria os parabéns pelo seu trabalho voluntário, mas sei que não é isso que vc esperaria de mim. Te admiro por conseguir acordar cedo num domingo, ultimamente não consigo acordar cedo nem durante a semana. Sobre o Bode, aqui na bahia é melancolia tb, quando a mulher tá menstruada dizem que ela tá de Boi.
Abraços!

Menino G disse...


Eu tb...
Preciso pensar muito sobre tudo.
Acho que só lembrando e revivendo é que eu virei a viver realmente a minha vida.
Abraços!!

Breno. disse...

ae brow, blz ?
Vlw pela vissita no meu blogg kra...
há meses eu nao postava nada kra, tava numa viagem pela França, acabei de xegar e agora kero colocar tudo em dia... spero te ver mais por lah, tb vou acompanhar o teu...
Abraço bom pra ti !!!

FOXX disse...

hauahuahua
aki em natal bode tb quer dizer triste... e bodão quer dizer boçal
hehehe

BinhoSampa disse...

cara, essa de ser voluntário é muito bom, fazer algo ao próximo. Parabéns...

Ter alguém para tomar um café? basta olhar para os lados que vc encontrará...

Abs e Inté.

Dawson disse...

Adorei o post querido,

Acho bonito tua atitude com o trabalho voluntário, parabéns!

Ah, vê deixa esse bode pra lá hein?!

rs

Abração!

Postar um comentário