É Mágoa!

E dia desses eu me dei ao luxo de observar... e aproveitando do conforto e segurança do papel de observador eu me coloquei a perceber alguns detalhes sobre pessoas que por uma ou outra razão passaram por mim ao longo da semana... e de certa forma, um tema recorrente foi, a mágoa!

Quem me conhece, vai concordar que eu tenho os genes: alice e pollyana dominantes! Estou sempre tentando entender, compreender e aceitar as coisas, mas confesso que eu mesmo já sucumbi a malfadada mágoa. E ai está algo que não é tão simples de lidar e de classificar, não sei o que é pior, a mágoa por quem amamos ou por quem confiamos...

Para mim, o empate parece muito adequado, até mesmo porque, há algo de perverso ao lutarmos contra a mágoa, ela possui o dom mágico de nos devolver os pior golpes que podemos desferir contra ela. Afinal, refletida na lâmina da espada com a qual tentamos feri-la, quase sempre podemos ver refletidas nossas próprias escolhas e teimosas... 

Contudo, para mim, o aspecto mais intrigante é ver que a mágoa leva as pessoas a negarem o óbvio, a negarem seus sentimentos e quase sempre mata o que de belo possa haver ter se criado por perto... isso para mim, talvez seja o pior efeito adverso da mágoa, matar tudo o que de bom a precedeu.

"...Atirei uma pedra na sua janela
E logo correndo me arrependi
Foi o medo de te acertar
Mas era pra te acertar
E disso eu quase me esqueci
Atirei outra pedra na sua janela
Uma que não fez o menor ruído
Não quebrou, não rachou, não deu em nada
E eu pensei: talvez você tenha me esquecido
Eu só não consegui foi te acertar o coração
Porque eu já era o alvo 
De tanto que eu tinha sofrido
Aí nem precisava mais de pedra..."
(É MÁGOA, Ana Carolina)


E no mais, a vida segue... a esperar!
Esperando uns dias de folga, esperando a hora de embarcar para umas viagens que estão marcadas, e esperando... quem sabe... algumas mágoas passarem! ;-)

Abração a todos...


10 comentários:

FOXX disse...

" talvez seja o pior efeito adverso da mágoa, matar tudo o que de bom a precedeu." perfeito!

sad eyes disse...

às vezes, esperar é o melhor remédio...

Edu disse...

perfeito!!!!!!!!!!!!

Mauri disse...

Pois é, tem coisas que não adianta lutar contra mesmo, para não piorar.

Mas é dificil e doloroso aprender isso... simplesmente desistir de algumas coisas ou pessoas.

Boa semana pra ti !

Antonio de Castro disse...

evito isso como evito gordura, coca-cola e Cláudia Leitte.

Mabe disse...

Mágoa...passa...como td passa nessa vida quando entendemos o outro e a si mesmo....dai fica td claro..e sem graça...hehe.

Viagens que vão demorar....sua escapada para terras paulistas vai ficar para as próximas férias....se contente com o planalto central...e olhe lá...cuidado que por lá o circo ta armado...kkkkkkkk.

inconstanteblog disse...

Acho que mágoa e rancor podem ser ótimas amigas. Em mim, elas são. Faço o tipo rancoroso. Já fiz muito mais, é verdade.

Acho que aprendi a lidar com elas, a dedicar-lhes um canto específico em mim, que elas se reconheçam como donas desse lugar, mas que é um lugar muito marginal do que eu sou.

Vezenquando elas me visitam. Ora juntas, ora separadas. Mas aprendi a gentilmente dizer-lhes que não são bem vindas, apesar de as vezes inevitáveis.

Xêro!

Cara Comum disse...

Tenho tanta coisa pessoal relacionada a este tema que prefiro deixar o comentário para depois... Abraços!!

Piettro Pimenta disse...

Nossa!!!não sabia que saia palavras tão bonitas de um Coração de Lata....confesso que senti em muitas de suas palavras, passagens de minha vida.... C'est la vie.
Uma mordida nessa nuca de lata!fui.

Cores da Crise de meia idade! disse...

"Quem me conhece, vai concordar que eu tenho os genes: alice e pollyana dominantes!"

Ganhou meus olhos na hora!

Postar um comentário